quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Análise Mundial Masculino - Grupo B !!


Hoje a Análise do Mundial Masculino parte para o Grupo B da competição. 
A grande favorita do grupo é a seleção brasileira que luta pelo tetracampeonato da competição. A equipe cubana também faz parte do grupo que ainda conta com Finlândia , Alemanha , Coréia do Sul e Tunísia. 

Brasil 

Brazil

Ponto Positivo - Experiência e Bloqueio. 
Ponto Negativo - Busca um resultado expressivo desde os Jogos de Londres. 
Estrelas do Time - Murilo e Bruno. 
Posição em 2010 - 1º Lugar. 
Passa de Fase ? - Sim. O Brasil tem um ótimo time e briga pelo quarto título seguido. 

O Brasil chega como grande favorito ao título. Tem um time muito bem montade pelo técnico Bernardinho e sabe jogar essa competição. É o atual tricampeão do torneio. 
Na primeira fase o time não deve ter problemas para avançar em primeiro do grupo, só deve abrir os olhos para as seleções da Alemanha e de Cuba que vem em uma crescente. 
O time conta com a experiência do ponteiro Murilo e a grande fase do levantador Bruno. O problema é que de 2012 para cá o time acumulou várias medalhas de prata em competições importantes como os Jogos Olímpicos e duas Ligas Mundiais seguidas. Foi campeão da Copa dos Campeões em Novembro de 2013. 

Cuba 

Cuba

Ponto Positivo - Ataque. 
Ponto Negativo - Recepção e falta de experiência. 
Estrela do Time - Rolando Cepeda. 
Posição em 2010 - 2º Lugar. 
Passa de Fase - Sim. Só deve tomar cuidado com os jogos importantes contra Alemanha e Finlândia. 

O foco de Cuba nesse Mundial é completamente diferente do que era o de 2010. Principalmente por causa do material humano limitado que o país se encrontra. 
Dos jogadores que disputaram o Mundial de 2010 apenas dois jogadoras fazem parte do grupo atual. O time perdeu sua grande estrela, o ponteiro Leon fugiu da ilha e agora jogará pelo Zenit Kazan da Rússia. O time deve sentir muito a falta do ponteiro que foi o grande destaque do Mundial passado. 

Finlândia 

Finland

Ponto Positivo - Ataque. 
Ponto Negativo - Falta de experiência. 
Estrela do Time - Mikko Oivanen e Mikko Esko. 
Posição em 2010 - Não participou. 
Passa de Fase ? - Sim. Mas não deve conseguir nada além disso. 

A Finlândia não participa de um Mundial desde 1982. O time tem bons nomes individuais como o oposto Oivanen que joga na Polônia e o experiente levantador Esko que joga na Rússia. 
Será Oivanen o ponto de apoio do ataque finlandês que terá jogos chaves contra Alemanha, Cuba e Coréia do Sul para definir sua classificação para a próxima fase. 

Alemanha 

Germany

Ponto Positivo - Ataque e Bloqueio. 
Ponto Negativo - Depende muito do oposto Grozer. 
Estrela do Time - Gyorgy Grozer.
Posição em 2010 - 8º Lugar. 
Passa de Fase ? - Sim. É grande adversário do Brasil na chave. 

A seleção alemã vem em uma crescente nos últimos anos. O time participou das duas últimas edições dos Jogos Olímpicos. Mesmo não conseguindo uma medalha mostrou que tem bom vôlei para jogar. 
O grande problema do time é a dependência do oposto Grozer que joga na Rússia e é disparado o melhor jogador dessa seleção. Quando ele vai bem, todo time joga bem, Quando ele não rende o necessário, não tem quem substitua. A Alemanha vai precisar equilibrar seu ataque para poder ir longe nesse mundial. 

Coréia do Sul 

Korea

Ponto Positivo - Ataque e Saque. 
Ponto Negativo - Recepção. 
Estrela do Time - Sun-Soo Han. 
Posição em 2010 - Não participou. 
Passa de Fase ? - Briga pela quarta colocação do grupo, mas será difícil. 

O time coreano é jovem, mas tem talento. Como toda seleção asiática consegue defender muito bem e foge um pouco dos padrões pois tem jogadores mais altos e que conseguem atacar com mais qualidade. O time não aprticipou da edição de 2010 e ne conseguiu a classificação para os Jogos Olímpicos. 

Tunísia 

Tunisia

Ponto Positivo - Ataque. 
Ponto Negativo - Falta de experiência. 
Estrela do Time - Hichem Kaabi.
Posição em 2010 - Não participou. 
Passa de Fase ? - Não. Não deve incomodar na busca por uma vaga. 

A Tunísia vem surgindo como um nova força no vôlei africano. Vem fazendo frente ao Egito até então o melhor time do continente. A equipe conseguiu a classificação para os Jogos de Londres em 2012, mas caiu na primeira fase. Conta com os ataques do oposto Kaabi para tentar avançar de fase nessa edição. Será uma tarefa bem difícil.

fonte e fotos > fivb.org 

domingo, 24 de agosto de 2014

Análise do Mundial Masculino - Grupo A !!


Com o fim do Grand Prix todas as atenções se voltam ao Mundial Masculino que será realizado na Polônia. 
A principal competição do vôlei masculino começa na sexta feira com o clássico entre Polônia e Sérvia no Estádio Nacional de Varsóvia, isso mesmo, Estádio. 
Será um feito histórico no vôlei que aguarda um público de 60 mil pessoas para essa estreia da seleção polonesa.
O blog começa hoje uma série de quatro postagens que analisará os grupos da competição. São quatro grupos com seis seleções, sendo que as quatro primeiras de cada grupo se classificam para a segunda fase. 
Serão avaliados os seguintes critérios : Pontos positivos e Negativo , Estrelas do Time, colocação no último Mundial e se a seleção tem chances de passar de fase na competição. 
É obvio que tudo não passa de uma previsão. O vôlei é um esporte cheio de surpresas e tudo pode acontecer.
Começamos hoje com o Grupo A que conta Polônia, Argentina, Venezuela, Sérvia, Austrália e Camarões. 

Argentina 

Argentina

Ponto Positivo - Ataque e volta do técnico Julio Velasco. 
Ponto Negativo - Falta de um resultado expressivo. 
Estrelas do Time - Facundo Conte e Luciano De Cecco 
Posição em 2010 - 9º Lugar 
Passa de Fase ? -  Sim. Mas tem que tomar cuidado para não deslizar contra adversários mais fracos. 

A Argentina tem um time bem jovem, mas que vem aparecendo bem entre os principais times no cenário internacional. A equipe vem de um 9º Lugar em 2010 e para melhorar essa posição conta com a volta do técnico Julio Velasco que vinha fazendo um ótimo trabalho com a seleção do Irã. 
O problema do time é a falta de experiência e a falta de um resultado expressivo no cenário internacional. A equipe conquistou uma medalha na competição, um bronze em 1982. 

Austrália 

Australia

Ponto Positivo - Ataque e Saque. 
Ponto Negativo - Falta de Experiência. 
Estrela do Time - Thomas Edgar 
Posição em 2010 - 19º Lugar 
Passa de Fase ? - Sim. Mas também não pode perder pontos contra os times mais fracos do grupo. 

A Austrália vem em uma crescente nos último anos. O time conseguiu participar das Olimpíadas de Londres em 2010 e da Fase Final da Liga Mundial em 2014. 
A equipe depende muito do seu oposto de 2,12 cm Thomas Edgar que é de longe o melhor jogador do time. Acredito que a Austrália passe de fase e deve brigar com a Argentina pelo terceiro-quarto lugar do grupo. 

Camarões 

Cameroon

Ponto Positivo - Ataque. 
Ponto Negativo - Falta de Experiência. 
Estrela do Time - Nathan Wounembaina. 
Posição em 2010 - 13º Lugar. 
Passa de Fase ? - Não. Não deve incomodar muito. Em 2010 conseguiu avançar. Mas esse ano o grupo é mais forte.

Camarões é uma equipe bem desconhecida no cenário internacional. A equipe ficou com 13ª colocação no Mundial de 2010. Mas de lá pra cá não apresentou bons resultados fora do continente africano. 
Conta com um destaque, Wounembaina já jogou na Bélgica e foi destaque por lá. 

Polônia 

Poland

Ponto Positivo - Ataque e Bloqueio. 
Ponto Negativo - Pressão por jogar em casa. 
Estrelas do Time - Pawel Zagumny e Mariusz Wlazly 
Posição em 2010 - 13º Lugar 
Passa de Fase ? - Sim. Briga com a Sérvia pelo primeiro lugar do Grupo. 

A Polônia sediará o torneio e terá que fazer bonito jogando de dentro de casa ainda mais para um país que tem no vôlei o primeiro esporte em popularidade. 
A equipe ficou com a modesta 13ª colocação em 2010 e terá que suar a camisa para melhorar esse ano. O problema é que o time não contará com sua maior estrela, o ponteiro Kurek foi cortado pelo técnico Antiga. Mesma coisa vale para o levantador Zygadlo. O time ainda vive a tensão da recuperação do oposto Wlazly que tem uma lesão no tornozelo. 
O time conta com a volta do experiente levantador Zagumny que não aparecia nas convocações polonesas desde o Jogos Olímpicos. 

Sérvia 

Serbia

Ponto Positivo - Ataque e Bloqueio. 
Ponto Negativo - Passe e Falta de Experiência. 
Estrela do Time - Aleksandar Atanasijevic. 
Posição em 2010 - 3º Lugar. 
Passa de Fase ? - Sim. Briga com a Polônia pelo primeiro lugar. 

A Sérvia conta com uma geração muito jovem, e luta para conquistar uma medalha esse ano. 
Se em 2010 o time contava com a presença das estrelas Miljkovic e Grbic. Esse ano as esperanças estão nas mãos do jovem oposto Atanasijevic de apenas 23 anos. 
A Sérvia fez uma boa Liga Mundial, mas acabou não conseguindo a classificação para a Fase Final no último momento. A equipe tem uma medalha de bronze em 2010 e uma de prata em 1998 quando ainda era Iugoslávia. 

Venezuela 

Venezuela

Ponto Positivo - Participação em 2010.
Pontos Negativo - Falta de Experiência.
Estrela do Time - Luis Arias 
Posição em 2010 - 19º Lugar 
Passa de Fase ? - Não. Não deve conseguir a vaga. 

A Venezuela não deve fazer frente nesse Mundial. O problema é que o time não aparece em torneios de grande importância. É time bem desconhecido. No Mundial de 2010 terminou no 19º Lugar e os jogadores não tem muito visibilidade dentro do próprio país. 

fonte e fotos > fivb.org 

Grand Prix 2014 - Fase Final - Brasil conquista décimo título da competição !!


Hoje pela manhã o Brasil venceu o Japão e conquistou o décimo título do Grand Prix. 
Após estrear na Fase Final com derrota para a Turquia, a seleção se recuperou e conseguiu vencer todos os jogos seguintes por 3-0. O Brasil contou com Sheilla fazendo 16 pontos para vencer a partida e ainda teve Dani Lins, Fabiana e Zé Roberto na seleção do campeonato. 
O Japão ficou com a prata e teve a líbero Yuko Sano eleita a MVP da competição. A equipe fez uma ótima campanha nessa Fase Final, perdendo apenas para o Brasil na última partida. 
A Rússia completou o pódio com a terceira colocação. A equipe de Kosheleva virou um jogo quase perdido contra a China na última rodada e conseguiu a vitória. A equipe perdia por 2-0 e conseguiu vencer por 3-2. Kosheleva foi o destaque com 28 pontos. 

4ª Rodada 

Turquia 2 x 3 China (22/25 , 25/18 , 25/22 , 23/25 e 19/21) Estatísticas
Ozsoy 36 pontos. (Turquia) 
Liu X. 26 pontos. (China)

Rússia 0 x 3 Brasil (12/25 , 21/25 e 20/25) Estatísticas
Kosheleva 18 pontos. (Rússia)
Fabiana 17 pontos. (Brasil) 

Japão 3 x 0 Bélgica (26/24 , 25/16 e 25/15) Estatísticas
Ebata 11 pontos. (Japão)
Van Hecke 15 pontos. (Bélgica) 

5ª Rodada 

China 2 x 3 Rússia (25/21 , 25/14 , 22/25 , 20/25 e 13/15) Estatísticas
Liu X. 19 pontos. (China) 
Kosheleva 28 pontos. (Rússia) 

Bélgica 1 x 3 Turquia (26/24 , 21/25 , 23/25 e 20/25) Estatísticas
Van Heck 21 pontos. (Bélgica)
Ozsoy 32 pontos. (Turquia) 

Brasil 3 x 0 Japão (25/15 , 25/18 e 27/25) Estatísticas
Sheilla 16 pontos. (Brasil)
Ishii 10 pontos. (Japão) 

Seleção do Campeonato 

MVP - Yuko Sano (Japão) 
Ponteiras - Liu X. (China) e Nagaoka (Japão) 
Levantadora - Dani Lins (Brasil) 
Oposta - Sheilla (Brasil) 
Centrais - Fetisova (Rússia) e Fabiana (Brasil) 
Líbero - Yuko Sano (Japão) 
Técnico - José Roberto Guimarães (Brasil) 

Classificação Final 

1º- Brasil (4-1) - 13 pontos. 
2º- Japão (4-1) - 12 pontos. 
3º- Rússia (3-2) - 7 pontos. 
4º- Turquia (2-3) - 7 pontos. 
5º- China (2-3) - 6 pontos. 
6º- Bélgica (0-5) - 0 pontos. 

fonte > fivb.org e saqueviagem.com.br
fotos > fivb.org 

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Grand Prix 2014 - Fase Final - 3ª Rodada !!


Truquia 2 x 3 Rússia (22/25 , 24/26 , 25/13 , 27/25 e 12/15) Estatísticas
Sonsirma 29 pontos. (Turquia)
Kosheleva 26 pontos. (Rússia) 

MVP - Kosheleva (Rússia) 

A Rússia quase viu seu esforço indo embora na abertura da terceira rodada contra a Turquia. Em um jogo extremamente disputado e com muitos erros de arbitragem o time russo saiu de quadra com a vitória. 
Após abrir 2-0 a Rússia acabou relaxando e a Turquia aproveitou o fato de que Kosheleva saiu de quadra no terceiro set sentindo um problema no joelho direito. 
Com a volta da ponteira no quarto set, o time turco precisou suar a camisa para levar o jogo pro tir-breake, isso sem contar que Ozsoy foi para o banco no final do terceiro com um problema no pé. 
O tie-breake foi extremamente longo devido aos problemas com os desafios pedidos pelos técnicos. Muita polemica em quadra, no final a Rússia saiu com a vitória após 2h33 minutos de jogo. 


Bélgica 0 x 3 Brasil (10/25 , 12/25 e 12/25) Estatísticas
Van Heck 9 pontos. (Bélgica) 
Thaísa 13 pontos. (Brasil) 

MVP - Fernanda Garay (Brasil) 

O Brasil segue muito bem após deslizar na primeira rodada. A equipe atropelou a Bélgica. 
O técnico José Roberto ainda conseguiu usar bem o banco de reservas e mesmo assim o time seguiu imbatível dentro de quadra. 
Do lado belga, nada poderia ser feito, sua maior estrela a oposta Van Heck conseguiu fazer 9 pontos e foi o destaque da equipe, que tomou 8 aces e foi bloqueada 13 vezes pelas brasileiras. 
A ponteira brasileira Fernanda Gray foi eleita MVP do jogo.


China 0 x 3 Japão (21/25 , 17/25 e 21/25) Estatísticas
Zeng C. 16 pontos. (China) 
Saori e Nagaoka 16 pontos. (Japão) 

MVP - Nagaoka (Japão) 

O Japão segue com uma campanha perfeita nessa Fase Final. Vencendo as três partidas disputadas e marcando 3 pontos em todas elas a equipe lidera a classificação com 9 pontos.
Nem a China conseguiu parar o Japão que já havia atropelado a Turquia na segunda rodada e venceu com certa facilidade a Rússia logo na estreia. A equipe mais uma vez defendeu muito bem e mesmo jogando com um time que tem um ataque melhor, o Japão conseguiu bloquear bem, foram 8 pontos nesse fundamento. 
Fora o bloqueio a equipe sacou muito bem, quebrando a recepção chinesa que não foi bem e levou 7 aces. 
Os destaques do Japão ficaram por conta de Nagaoka e Saori com 16 pontos cada. Do lado chinês a oposta Zeng também marcou 16 pontos. 

Classificação 

1º- Japão (3-0) - 9 pontos. 
2º- Brasil (2-1) - 7 pontos. 
3º- Rússia (2-1) - 5 pontos. 
4º- Turquia (1-2) - 4 pontos. 
5º- China (1-2) - 3 pontos. 
6º- Bélgica (0-3) - 0 pontos. 

fonte e fotos > fivb.org 

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Grand Prix 2014 - Fase Final - 2ª Rodada !!


Rússia 3 x 0 Bélgica (25/23 , 25/16 e 25/19) Estatísticas
Malykh 18 pontos. (Rússia)
Van Hecke 15 pontos. (Bélgica) 

MVP - Malykh (Rússia)

A segunda rodada da Fase Final do Grand Prix começou essa madrugada. 
O jogo de abertura contou a recuperação da Rússia na competição, já que as russas perderam para o Japão na estreia. A equipe entrou melhor no jogo de hoje e conseguiu marcar os três primeiros pontos na competição. 
Destaque para o bloqueio russo que marcou 15 pontos contra apenas 5 das belgas. No jogo de hoje a Bélgica colocou em quadra o que tinha de melhor, incluindo a oposta Van Hecke que foi poupada do jogo contra a China. Malikh foi a MVP e marcou 18 pontos pela Rússia. Do lado belga Van Hecke saiu de quadra com 15 pontos. 


Brasil 3 x 0 China (25/23 , 25/20 e 25/21) Estatísticas
Jaqueline 15 pontos. (Brasil) 
Liu X. 13 pontos. (China)

MVP - Jaqueline (Brasil) 

O Brasil se recuperou da derrota sofrida na estreia e venceu a China por 3-0. 
O Brasil entrou com sua formação titular em quadra e conseguiu errar menos e render muito bem no ataque. O único problema foi que do lado chinês estava uma equipe jovem e que apresenta um vôlei de alta qualidade. Mesmo sem quatro das suas titulares a China provou que pode brigar com equipes fortes
O Brasil não deixou a China gostar do jogo e aplicou um 3-0 rápido com destaques para as atuações de Sheilla, Jaqueline e Fernanda Garay. 
O destaque do Brasil com 15 pontos a ponteira Jaqueline ajudou muito o time no fundo de quadra, pasando e defendendo bem. Do lado chinês o destaque foi a ponteira Liu com 13 pontos. 


Japão 3 x 0 Turquia (25/13 , 25/17 e 25/17) Estatísticas
Saori e Ishii 14 pontos. (Japão)
Ozsoy 11 pontos. (Turquia) 

MVP - Ono (Japão) 

O Japão parece determinado a vencer um título dentro de casa. 
Hoje a equipe de Saori e Ebata atropelaram a Turquia e conseguiram sua segunda vitória na competição, com isso as japonesas lideram a Fase Final com 6 pontos ganhos. 
No jogo, nada muito diferente aconteceu. A Turquia dependendo exclusivamente de Ozsoy e Sonsirma e o Japão sempre com uma ótima defesa contou com grande atuações de Ono , Saori , Ishii e Nagaoka. O Japão começa a entrar na disputa definitiva pelo título, já tinha ido bem na Copa dos Campeões em 2013 quando ficou com a medalha de prata. 
Pelo lado japonês as maiores pontuadoras da partida foram as ponteiras Ishii e Saori com 14 pontos. Mas quem levou o MVP para casa foi a meio de rede Ono que marcou 11 pontos no jogo. Do lado turco Ozsoy saiu de quadra com 11 pontos. 

Classificação 

1º- Japão (2-0) - 6 pontos. 
2º- Brasil (1-1) - 4 pontos. 
3º- Rússia (1-1) - 3 pontos. 
4º- China (1-1) - 3 pontos. 
5º- Turquia (1-1) - 2 pontos. 
6º- Bélgica (0-2) - 0 pontos. 

fonte e fotos > fivb.org

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Grand Prix 2014 - Fase Final - 1ª Rodada !!


Mesmo sem titulares, a China venceu a estreante Bélgica na partida de abertura

China 3 x 1 Bélgica (25/19 , 25/27 , 25/18 e 25/15) Estatísticas
Zeng C. 19 pontos. (China)
Rousseaux 23 pontos. (Bélgica) 

MVP - Zeng C. (China)

Começou essa madrugada a Fase Final no Grand Prix 2014. E foi uma primeira rodada cheia de surpresas para deixar a corrida pelo título ainda mais equilibrada. 
Na partida de abertura da rodada a China venceu a estreante Bélgica por 3-1. Sem contar com suas principais jogadoras caso das ponteiras Zhu e Hui, da levantadora Wei e da central Xu, a China contou com a força de um time jovem e dos ataques da canhota Zeng que saiu de quadra com 19 pontos. 
Do lado belga o nervosismo de estrear em uma Fase Final foi muito grande. A equipe não rendeu o esperado e o técnico acabou poupando sua maior estrela, a oposta Van Heck ficou no banco o jogo inteiro e Rousseaux foi o destaque com 23 pontos. 


Turquia 3 x 2 Brasil (25/18 , 25/23 , 21/25 , 19/25 e 15/12) Estatísticas
Sonsirma 23 pontos. (Turquia) 
Tandara 20 pontos. (Brasil) 

MVP - Sonsirma (Turquia) 

A Turquia chegou pela segunda vez em uma Fase Final de Grand Prix com um time recheado de jogadoras jovens e sem contar com sua estrela a oposta Darnel que está lesionada. Mas a juventude turca contou com a ajuda de Sonsirma, Ozsoy e Aydemir para vencer o Brasil nessa primeira rodada. 
O time entrou muito bem e aproveitou o passe ruim do Brasil, que vinha invicto na competição, para marcar 2-0. O Brasil fez mudanças e tirou três titulares para voltar para o jogo e empatar em 2-2.
No tie-breake valeu a vontade da Turquia que fechou em 15-12 depois de uma bola de Ozsoy na entrada de rede. A Turquia marcou 11 pontos de saque em cima de uma das melhores linhas de passe do mundo, que hoje não estava bem. Sonsirma foi a MVP e marcou 23 pontos no jogo. 


Japão 3 x 1 Rússia (22/25 , 25/20 , 25/21 e 25/17) Estatísticas
Saori 17 pontos. (Japão)
Kosheleva 23 pontos. (Rússia) 

MVP - Saori (Japão) 

O Japão também se deu bem na primeira rodada. Jogando com o apoio de 7.000 torcedores que lotaram o Ginásio Ariake. A equipe entrou muito bem e sempre com uma defesa muito boa venceu a Rússia por 3-1. 
O time russo encontrou dificuldades desde o começo do jogo, principalmente por causa da boa defesa das japonesas e da velocidade do jogo oriental. Mesmo assim o time contou com a capacidade ofensiva de Kosheleva para levar o primeiro set. 
Mesmo com a derrota o Japão não se entregou empatou o jogo e no terceiro set abriu 12-2, a Rússia fez uma parcial de 10-0 para empatar o placar, mas não adiantou no final do set Saori brilhou e fechou. Esse foi o jogo, o Japão sempre com velocidade e a Rússia sofrendo no passe. 
Pelo Japão a capitã Saori foi o destaque com 17 pontos. Já na Rússia, Kosheleva saiu de quadra com 23 pontos. 


Classificação 

1º- China (1-0) - 3 pontos. 
2º- Japão (1-0) - 3 pontos. 
3º- Turquia (1-0) - 2 pontos. 
4º- Brasil (0-1) - 1 ponto. 
5º- Rússia (0-1) - 0 pontos. 
6º- Bélgica (0-1) - 0 pontos. 

fonte e fotos > fivb.org 

domingo, 17 de agosto de 2014

Grand Prix 2014 - Participantes da Fase Final definidos !!


Rússia, de Goncharova e Kosheleva, foi a última classificada para Tóquio 

Terminou hoje a Fase Classificatória do Grand Prix 2014. Com isso foram definidas também as seis seleções que disputarão a Fase Final em Tóquio no Japão. 
Esse ano o Grand Prix foi dividido em três grupos de acordo com o ranking mundial. O Grupo 1 tinha direito a quatro vagas mais o Japão que é país sede. 
O Grupo 2 classificaria apenas uma seleção para Tóquio e essa seleção foi a Bélgica que venceu um Final Four disputado na Polônia que contava com as donas da casa , a Holanda e Porto Rico. 
O Grupo 3 não tinha direito de vagas na Fase Final mas a Bulgária foi a campeã e conseguiu acesso ao Grupo 2 no ano de 2015. 
Voltando ao Grupo 1, após três semanas de jogos os times disputaram 9 partidas ao longo de três semanas. 
O Brasil termina em primeiro lugar com uma campanha invicta e com apenas três sets perdidos. Em segundo lugar a China perdeu quatro das nove partidas. Em terceiro veio a surpreendente Turquia que mesmo sem sua estrela Darnel, lesionada, conseguiu a terceira colocação com três derrotas. Em quarto e no último instante a Rússia resolveu mostrar seu melhor jogo e contou com um fim de semana inspirado de Kosheleva para conseguir 9 pontos em três vitórias e conquistar a última vaga. 
A surpresa ficou por conta da fraca campanha dos EUA na competição ontem terminaram em quinto e não conseguiram a vaga. A equipe acabou perdendo pontos importantes para adversários mais fracos como por exemplo a Tailândia. A Sérvia precisava vencer a Coréia do Sul hoje para conseguir a vaga, mas sem contar com Brakocevic que ficou fora do Grand Prix por lesão, a equipe perdeu por 3-1. 

Classificação Final 

Grupo 1 

1º- Brasil (9-0) - 26 pontos. 
2º- China (5-4) - 17 pontos. 
3º- Turquia (6-3) - 16 pontos. 
4º- Rússia (5-4) - 16 pontos. 
5º- EUA (5-4) - 15 pontos. 
6º- Sérvia (4-5) - 13 pontos. 
7º- Japão (4-5) - 13 pontos. 
8º- Coréia do Sul (4-5) - 13 pontos. 
9º- Itália (5-4) - 12 pontos. 
10º- Alemanha (4-5) - 12 pontos. 
11º- Tailândia (2-7) - 6 pontos. 
12º- República Dominicana (1-8) - 3 pontos. 

Grupo 2 

1º- Holanda (8-1) - 23 pontos. 
2º- Porto Rico (7-2) - 19 pontos. 
3º- Bélgica (6-3) - 19 pontos. 
4º- Polônia (5-4) - 14 pontos. 
5º- Argentina (4-5) - 13 pontos. 
6º- Peru (3-6) - 9 pontos. 
7º- Canadá (2-7) - 6 pontos. 
8º- Cuba (1-8) - 5 pontos. 

Final Four Grupo 2 

Semi-Finais 

Polônia 0 x 3 Belgica (19/25 , 16/25 e 15/25) Estatísticas
Woijcik 7 pontos. (Polônia) 
Van Hecke 25 pontos. (Bélgica) 

Holanda 3 x 1 Porto Rico (22/25 , 31/29 , 25/20 e 25/12) Estatísticas
Plak 13 pontos. (Holanda) 
K. Ocasio 24 pontos. (Porto Rico) 

Bronze 

Polônia 0 x 3 Porto Rico (19/25 , 17/25 e 22/25) Estatísticas
Smarzek 8 pontos. (Polônia) 
K. Ocasio 17 pontos. (Porto Rico) 

Final 

Bélgica 3 x 2 Holanda (20/25 , 25/23 , 25/23 , 25/27 e 15/10) Estatísticas
Van Heck 41 pontos. (Bélgica) 
Plak 19 pontos. (Holanda) 

Grupo 3 

1º- República Tcheca (6-0) - 18 pontos. 
2º- Bulgária (6-0) - 16 pontos. 
3º- Croácia (4-2) - 12 pontos. 
4º- Cazaquistão (3-3) - 9 pontos. 
5º- Quênia (3-3) - 9 pontos. 
6º- México (2-4) - 6 pontos. 
7º- Austrália (0-6) - 1 ponto. 
8º- Argélia (0-6) - 1 ponto. 

Final Four Grupo 3 

Semi-Finais 

República Tcheca 3 x 2 Croácia (26/28 , 25/21 , 20/25 , 25/21 e 15/10) Estatísticas
Havlickova 27 pontos. (Rep. Tcheca) 
Usic 17 pontos. (Croácia) 

Bulgária 3 x 1 Cazaquistão (25/16 , 25/23 , 21/25 e 25/14) Estatísticas
Rabadzhieva 19 pontos. (Bulgária) 
Mudritskaya 18 pontos. (Cazaquistão) 

Bronze 

Croácia 3 x 0 Cazaquistão (25/20 , 25/22 e 25/17) Estatísticas
Fabris 21 pontos. (Croácia) 
Mudritskaya 12 pontos. (Cazaquistão) 

Final 

República Tcheca 0 x 3 Bulgária (16/25 , 13/25 e 17/25) Estatísticas
Havlickova 13 pontos. (Rep. Tcheca) 
Rabadzhieva 16 pontos. (Bulgária) 

fonte e foto > fivb.org 

terça-feira, 29 de julho de 2014

Mundial 2014 - Bernardinho anuncia os 18 convocados do Brasil !!


Essa semana o técnico Bernardinho anunciou a convocação de 18 jogadora para iniciarem a preparação para o Mundial 2014 que será disputado na Polônia e começa dia 31 de agosto. 
A grande surpresa foi o corte do ponteiro Dante e do levantador William que participaram da seleção no ano passado. Voltam ao time os opostos Renan e Evandro que jogaram juntos no Sesi-SP na temporada passada. A lista ainda passará por cortes e chegará ao número de 14 jogadores. 

Convocados 

Levantadores - Bruno , Raphael e Murilo Radke 
Opostos - Leandro Vissotto , Renan , Evandro e Wallace
Centrais - Éder , Lucão , Sidão e Isac 
Pontas - Murilo , Lucarelli , Lipe , Maurício Borges e Lucas Lóh 
Líberos - Mário Junior e Felipe 

fonte : saqueviagem.com.br 

Aos 39 anos , Artamonova volta ao Uralochka na próxima temporada !!


Aos 39 anos de idade recém completados e após ter seu segundo filho a lendária ponteira Evgenia Artamonova-Estes estará de volta ao vôlei na próxima temporada. 
Ela retornará ao Uralochka do técnico Karpol onde ao fim da temporada 2012/2013 anunciou seu desligamento do time e foi morar com o marido nos EUA. Artamonova é a única atleta do vôlei que disputou seis edições seguidas dos Jogos Olímpicos entre 1992 e 2012. Conquistou a medalha de prata em 3 oportunidades - 1992 , 2000 e 2004. 
O Uralochka que também contratou a levantadora Matienko que estava no Krasnodar e renovou com a cubana Ruiz grande destaque do time nas últimas duas temporadas. 

fonte : russiavolley.com 

Federação Russa confirma participação de Gamova no Mundial da Itália !!


Gamova está de volta ! Sim , a oposta russa de 33 anos confirmou sua volta à seleção. 
Hoje pela manhã o manager da Seleção Russa confirmou para o site r-sport que a Federação fez um convite formal à jogadora e ela aceitou se juntar ao time após o Grand Prix. 
Campeã Mundial em 2006 e em 2010 , Gamova fez um ótima temporada pelo Dínamo Kazan onde se sagrou campeã e MVP da Liga Russa , da Champions League e do Mundial de Clubes. 
De acordo com a Federação , a seleção ainda aguarda a central Morozova e a ponteira Sokolova que também se juntarão ao time após o Grand Prix. 

fonte : russiavolley.com 

domingo, 20 de julho de 2014

Liga Mundial 2014 - Fase Final - EUA vence Brasil e fica com o título !!


Após um grande partida contra o Brasil , hoje em Florença na Itália , a equipe americana conquistou seu segundo título da Liga Mundial. A equipe que teve a melhor campanha da Fase Intercontinental confirmou a boa fase e o ótimo grupo de jogadores para conquistar o título. 
Destaques para o oposto Anderson e o ponteiro Sander , esse eleito o MVP da edição. No lado brasileiro o oposto Wallace saiu com o prêmio de melhor oposto e o central Lucas foi eleito o melhor da posição junto com o americano Lee. 
A Itália conseguiu o bronze dentro de casa. Com uma ótima geração de jogadores começa a colher frutos de um bom investimento na base e da retomada do alto nível do campeonato local. O Irã ficou com a quarta colocação mas não saiu de cabeça baixa, foi a melhor campanha de uma equipe asiática na competição e a primeira a participar de uma Fase Final. O levantador Marouf ficou o prêmio de melhor jogador na sua posição. Decepção da Rússia que se viu prejudicada pela tabela e por uma combinação de resultados que acabou deixando a seleção campeã em 2013 fora das semi-finais. 

Resultados 

Grupo H

1ª Rodada 

Itália 3 x 0 EUA (25/22 , 25/21 e 26/24) Estatísticas
Zaytsev 21 pontos. (Itália)
Anderson 17 pontos. (EUA) 

2ª Rodada 

EUA 3 x 1 Austrália (22/25 , 25/18 , 25/23 e 25/19) Estatísticas
Sander 21 pontos. (EUA) 
Edgar 20 pontos. (Austrália) 

3ª Rodada 

Austrália 0 x 3 Itália (14/25 , 22/25 e 21/25) Estatísticas
Edgar 20 pontos. (Austrália) 
Zaytsev 15 pontos. (Itália) 

Classificação 

1º- Itália (2-0) - 6 pontos. 
2º- EUA (1-1) - 3 pontos. 
3º- Austrália (0-2) - 0 pontos. 

Grupo I 

1ª Rodada 

Irã 2 x 3 Rússia (25/18 , 18/25 , 21/25 , 37/35 e 08/15) Estatísticas
Ghafour 30 pontos. (Irã)
Muserskiy 20 pontos. (Rússia) 

2ª Rodada 

Rússia 1 x 3 Brasil (24/26 , 25/22 , 23/25 e 22/25) Estatísticas
Pavlov 18 pontos. (Rússia) 
Wallace 23 pontos. (Brasil)  

3ª Rodada 

Brasil 1 x 3 Irã (21/25 , 19/25 , 25/23 e 26/28) Estatísticas
Lucarelli 17 pontos. (Brasil) 
Ghafour 23 pontos. (Irã) 

Classificação 

1º- Irã (1-1) - 4 pontos. 
2º- Brasil (1-1) - 3 pontos. 
3º- Rússia (1-1) - 2 pontos. 

Semi-Finais 

Irã 0 x 3 EUA (18/25 , 22/25 e 16/25) Estatísticas
Ghafour 10 pontos. (Irã) 
Sander 17 pontos. (EUA) 

Itália 0 x 3 Brasil (11/25 , 23/25 e 20/25) Estatísticas
Buti 10 pontos. (Itália) 
Lucarelli 13 pontos. (Brasil) 

3º-4º Lugar 

Irã 0 x 3 Itália (22/25 , 18/25 e 22/25) Estatísticas
Ghafour 8 pontos. (Irã) 
Zaytsev 14 pontos. (Itália) 

Final 

EUA 3 x 1 Brasil (31/29 , 21/25 , 25/20 e 25/23) Estatísticas
Sander 24 pontos. (EUA) 
Wallace 16 pontos. (Brasil) 

Melhores Jogadores 

MVP - Taylor Sander (EUA) 
Melhores Ponteiros - Taylor Sander (EUA) e Ricardo Lucarelli (Brasil)
Melhores Centrais - David Lee (EUA) e Lucas (Brasil)
Melhor Levantador - Saeid Marouf (Irã)
Melhor Oposto - Wallace (Brasil)
Melhor Líbero - Salvatore Rossini (Itália)

fonte : fivb.org 
saqueviagem.com.br